O regalo da vida

Um milhão de aplicativos baixados. Duzentos e cinquenta mil e-livros. Baixados em um só dia, sábado, 3 de abril, pelos usuários do iPad. No primeiro dia do produto nas ruas, a Apple diz que vendeu trezentos mil desses equipamentos entre smartphone e computador em que se pode jogar games, ver vídeos, ouvir música, compartilhar conteúdos em redes sociais, escrever e, até, ler.

Será que pega? Será que alguém vai querer? Pra quê? Mais um negócio pra ficar carregando?

No dia de sua estréia o iPad vendeu mais que iPhone no dia em que estreou. A previsão é de um milhão e trezentos mil tablets entregues nos próximos meses.

Eu posso viver sem um iPad. Talvez daqui a um tempo fique desconfortável pra pessoas como eu viver sem um tablet, um Kindle, um e-reader, essas coisas. Pessoas como eu são pessoas como você, que lê na Internet, lê em livros, assiste a filmes, sobe e baixa fotos, compartilha em redes sociais etc., etc., etc..

Quem vem do milênio passado sabe que dá pra viver sem vook. Mas com vook é mais gostoso.

R

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: