Afogando em números

Vivemos tempos exponenciais, dizem uns e outros. A Apple diz que em 18 meses seu canal de venda e apps na web registrou três bilhões de downloads. Os céticos não dizem, só pensam: sempre foi assim, só que agora existem ferramentas que ficam medindo e nos jogando esses números no colo. Será? Mais é menos? Há ainda os pessimistas: tá, o que que adianta ter muito mais informações à disposição, muito mais acesso, muito mais alcance, se o que nos alcança não vale a areia debaixo da bota dos afogados de A Tempestade, do Shakespeare? Peter Greenaway fez filmes impressionantes. O título deste pouste é uma referência a um deles. Mas o que eu mais gosto é Prospero’s Books.

R

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: