Terra Prometida

O Presidente com nome de fruto do mar prometeu Brasília à mulher com um nome parecido com o da mulher do Fred Flintstone e uma atitude antiquada em relação ao relacionamento da sociedade com certas plantas. O que quer ser Presidente e tem nome de cadeia de montanhas prometeu Brasília ao Banco. O que era Governador do Distrito Federal e tem nome de planta protetora saiu da cadeia aparentando desolação profunda. O feminino de ator é atriz. O feminino de horror poderia ser algo parecido com o nome do que parece que vai acabar sendo de novo Governador do DF. Se não for preso antes. O vocalista do Detrito Federal era careca e se jogava de cabeça no chão ao lado do microfone depois de repetir o refrão se o seu pai pudesse escolher você acha que o filho seria você se o seu pai pudesse escolher você acha que filho seria você num palco sobre o gramado em frente ao Congresso Nacional em 1986.

Se o Presidente que veio de Fusca pudesse hoje vislumbrar, ele que sempre foi um visionário, a situação em que se encontra a nova capital, só 50 anos depois, você acha que ele preferiria ter ficado bem quieto no Catete?

Pode ser. Vá saber.

Por mim, eu prefiro assim. Mesmo deteriorada, gasta, superpovoada, com seus sistemas de circulação estourando a capacidade, com muito mais carros do que jamais pensara ter que suportar, com os políticos espertos empestando o ar nos lugares públicos fechados.

O que me interessa são as pessoas de Brasília e o que elas podem fazer. Tenho um amigo que pediu demissão. Outro tem trabalhado um monte essa época. Uma tem dores e escreve poemas. Outra lançou um CD. Outro está casado de novo e adorando fazer o que não fazia antigamente. Um acabou de sair de um casamento. Outro está contente com a mulher e os filhos. Um não quer nunca ter filhos, mora em outro país, mas vem visitar os pais. Um sumiu pro Tocantins e quem falou com ele por telefone ouviu vozes de crianças em volta. Uma tem uma filha que fez um filme sobre o caso de amor de duas adolescentes lésbicas. Outro foi viver num mosteiro.

2010. O céu de Brasília continua lindo.

O céu de Brasília é gigantesco. Debaixo dele cabe tudo que a gente quiser.

Anúncios

9 comentários em “Terra Prometida

Adicione o seu

  1. Boris, o Leminski tava certo. o negócio é que a gente não precisa lidar com quem fez a dívida externa e sim com quem pagou. manda brasa nesse cordel que eu quero ver… Rodrigo, sorry, mas não há tapete tão grande como o céu. eu que agradeço, Deborah!

  2. Obrigada, lindinho. É isso, as pesssoas fazem toda a diferença em qualquer lugar – sob um céu multicolorido, uma cidade cheia de bosques ou de montanhas ou arranha-céus….
    Grande beijo.

  3. Lindo poema em prosa porosa de significados. Você sabe homenagear aqueles que ama com a doçura de uma uva tirada madura do pé. Somente agora li, porque abro este email uma vez por semana. Obrigada, amigo. Da tua, LU

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: