Pergunte Ao Pó Em Alto-mar

O vazamento de algo entre dois e três milhões de litros de petróleo por hora todo dia, há quarenta dias, nas águas antes lindas do Golfo do México, matando até agora milhões de animais e pelo menos onze pessoas é pior do que o assassinato de dezenove pessoas numa só noite maldita no Mediterrâneo?

A brutalidade absurda de uma decisão política racista, imperialista e idiota de uns judeus (porque não são todos, o Woody Allen está fora, o Luca está fora, e muitos outros em Budrus e mundo afora estão fora dessa), na frente de todo o mundo, há dezenas de anos, é pior do que o Wilson Bueno, que era uma moça, levar de um rapaz uma facada no pescoço pelas costas uma noite em Curitiba, essa cidade sorriso modelo anos na frente um tempo atrás e hoje a terceira mais violenta do Brasil?

As calçadas entre a casa e o trabalho de quem tem casa e trabalho estarem cheias de pessoas dormindo ao relento nas noites mais frias do ano, os sinaleiros serem sempre um lugar de medo para mulheres e idosos porque são lugares cheios de nóias craqueados pedindo esmola e crianças sujas e soltas fazendo de limões malabares (porque não há copo nem água nem açucar pra limonada) e as ruas fora do centro estarem esburacadas e as do centro estarem engarrafadas de uma forma cada dia mais irritante e fatal é pior do que o fato de o prefeito dessa cidade pelos últimos oito anos contar com 70% de aprovação e ser o provável próximo Governador do Estado?

Viver pra ver essas coisas é melhor que estar cego?

Morto?

Pergunte ao Tim Maia, ao Montaigne, ao Leminski, ao John Fante, ao Karam.

Ao Chico Science.

Ao Sócrates, ao Marcos Prado, aos meus avós, ao meu tio Murilo.

Ao Dennis Hopper, em Amor à Queima-roupa.

R

Anúncios

8 comentários em “Pergunte Ao Pó Em Alto-mar

Adicione o seu

    1. Marião, sei não, tem Copa e BBB desde quando o Coliseu era o Imax… boçalidade também, escória também e, o que é pior, esperança também… melhora quando a gente decide, parece.. e da mesma forma deteriora… anyway, falando nisso, lembrei dessa suicida, que precisou viver pra escrever bem demais coisas assim:

      MAD GIRL’S LOVE SONG

      A VILLANELLE
      By Sylvia Plath
      Smith College, 54′

      I shut my eyes and all the world drops dead;
      I lift my lids and all is born again.
      (I think I made you up inside my head.)

      The stars go waltzing out in blue and red,
      And arbitrary blackness gallops in:
      I shut my eyes and all the world drops dead.

      I dreamed that you bewitched me into bed
      And sung me moon-struck, kissed me quite insane.
      (I think I made you up inside my head.)

      God topples from the sky, hell’s fires fade:
      Exit seraphim and Satan’s men:
      I shut my eyes and all the world drops dead.

      I fancied you’d return the way you said,
      But I grow old and I forget your name.
      (I think I made you up inside my head.)

      I should have loved a thunderbird instead;
      At least when spring comes they roar back again.
      I shut my eyes and all the world drops dead.
      (I think I made you up inside my head.)

      Canção de Amor da Moça Doida

      Sylvia Plath/carvalho

      Eu fecho os olhos, todo morre o mundo.
      Eu ergo as pálpebras, renasce tudo.
      (Eu acho que inventei você no meu bestunto)

      Astros rubros e azuis valsam no fundo.
      Negrume a galope, arbitrário intruso:
      eu fecho os olhos meus e todo morre o mundo.

      Sonhei-me seduzida num segundo;
      cantou-me ao luar, beijou-me duro.
      (Eu acho que inventei você no meu bestunto)

      Cai Deus do céu, o inferno é moribundo:
      fogem querubim e os homens do Rabudo:
      eu fecho os olhos meus e todo morre o mundo.

      Cri na promessa de de novo juntos:
      teu nome esqueço e o meu tempo é curto.
      (Eu acho que criei você no meu bestunto)

      Um pássaro-trovão traria menos luto;
      na primavera ao menos volta, o puto.
      Eu fecho os olhos meus e todo morre o mundo.
      (Acho que criei você no meu bestunto)

  1. Aleluia, aleluia!!! Curitiba é uma síntese desse mundo do cão: tem vazamento de esgoto pra dentro do lago do principal parque da cidade e ponto turístico (?). Tem todos os problemas de uma cidade grande mas não tem o benefício delas. Tem um bando de judeus, que não mereciam ser chamados judeus se beneficiando há muitos e muitos anos, de maneira ilícita e suja, da especulação imobiliária, de shoppings que também derramam seus esgotos nos rios. Curitiba é sim uma cidade violenta… principalmente na violência intelectual, na falta de senso crítico, que acaba mascarando uma realidade tão ruim quanto a de qualquer outro lugar. Aqui tudo sempre está bom, está ótimo e o Beto Richa já é governador antes das eleições começarem, mesmo mentindo sobre o metrô e fazendo falcatruas colossais no lixo que chamam de Linha Verde. Me parece que a única coisa que Curitiba tem de diferente das outras cidades é dinheiro sobrando pra comprar capas de revistas em ano de eleição… há pelos menos 25 anos…

  2. Pra que fique claro: existe o povo judeu, que, com raras exceções acolhe outros povos em seu território, o estado de Israel, que é uma lama como qualquer outro Estado ou Governo que conhecemos e os sionistas, taxados como os responsáveis por conspirações para conquistar o mundo através do dinheiro e da corrupção. Bom, me parece que ficou claro que, quem não tem nada a ver com nada, como sempre, é o povo. ; )

  3. Ah, perae… o povo tem a ver sim… é ele que elege e da apoio aos governantes… ih, não sobrou ninguém… em nenhum lugar do mundo… =(

    1. ó vida, ó azar! sobrou eu, sobrou tu, sobrou o rabo do tatu! sobrou a Amazônia, sobrou o teu filho e o meu, sobrou não saber bem o que fazer e ir fazendo, fazendo melhor, c’est la vie, mon ami… entre o Cioran e o Dr Pangloss a vida segue em frente… se liga na corrente…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: